OK

Tudo OK

Pronto. Tudo a funcionar. Foi concluída a transferência do site para o “host” anterior, o primeiro onde tínhamos estado. Portanto, o “post” anterior a este está ultrapassado.

Segue-se a tarefa de construção de alternativas, para que estas situações não voltem a ocorrer e que os utilizadores do Apdeites tenham sempre endereços alternativos, ficheiros substitutos, processos paralelos e/ou complementares. A “task-force” seguinte será construir uma teia de ficheiros em locais diferentes que permitam – sem que o utilizador sequer se aperceba – a permanência deste serviço “on line”, independentemente de quaisquer condicionantes técnicas.

Fizemos o melhor que foi possível. Esperamos que a resposta satisfaça.

Share

Ponto da situação

macumba

O Apdeites anda com azar, ou alguém nos rogou uma praga… como se costuma dizer. Depois de alguns problemas técnicos no primeiro “host”, que impediram o acesso às actualizações por diversas vezes, em dias consecutivos, tivemos de rapidamente tomar uma decisão; e esta foi, simplesmente, mudar de alojamento. Azar. Quando a mudança ficou concluída, os problemas técnicos desapareceram, no “host” anterior. Então, após dois meses e com dois alojamentos pagos, eis que surgem os mesmíssimos ou muito semelhantes problemas no novo alojamento. Azar outra vez. Então, e por falta de resposta – ou por não serem razoáveis as respostas – deste novo hospedeiro, havia que tomar outra decisão, e tão rapidamente quanto a primeira: ou procurar um terceiro alojamento ou voltar ao primeiro.

Pois bem, entre as duas opções, julgámos que seria melhor voltar com tudo à primeira forma. E foi precisamente quando acordámos com este primeiro “host” que voltaríamos a alojar nos seus servidores o Apdeites que os problemas técnicos se resolveram no segundo. Triplo azar. Mas agora não há retorno: vamos mesmo regressar ao primeiro “host”.

Para o utilizador do Apdeites, é absolutamente indiferente o local onde o site está fisicamente alojado; o que importa é se as páginas abrem ou não, e se pode ou não pode ver os ficheiros de actualizações e os outros. Mas enfim, não fica mal uma explicação sobre o que se passou de ontem para hoje e sobre o que provavelmente se passará também, amanhã, por volta das 18:00 horas: é possível que haja ainda – durante a transposição de todos os ficheiros, de um lado para o outro – alguma perturbação no serviço. A situação deverá estar completamente normalizada a partir de amanhã, 29, à noite.

Espécie de premonição, o “post” anterior refere precisamente algumas das coisas que poderiam falhar; faltou prever esta que, por simples questão de probabilidades, estava muito longe de qualquer cogitação: não é suposto coisas assim acontecerem duas vezes com o mesmo site.

Embora completamente alheios e sem quaisquer responsabilidades, directas ou indirectas, a este e neste assunto, apresentamos as mais sinceras desculpas aos nossos visitantes, utilizadores e amigos.

João Pedro Graça

Share

Lei de Murphy

O que pode falhar no Apdeites

Os ficheiros de actualizações do Apdeites resultam de programas relativamente complexos, interligados e dependentes entre si. O que o utilizador vê, em qualquer dos oito ficheiros (300, 500, 1000 e todos os blogs, em “popup” e em “searchbar”), é o resultado de um processo dinâmico e, portanto, volátil; são gerados uma vez por hora e um resultado nunca se repete, sendo que existe um intervalo de risco que dura cerca de dois minutos em cada hora.

Ou seja: como a importação de dados da blo.gs é iniciada ao primeiro minuto de cada hora, se, durante esse processo, houver qualquer interrupção na ligação – ou qualquer outro problema que impeça a recepção e/ou o processamento dos dados por inteiro – o ficheiro de dados ficará a zeros até ao processo seguinte. O que significa que é possível, quando e se isto acontece, que os ficheiros de actualizações apareçam sem dados. Pode também acontecer que um processo não arranque e, nesse caso, os ficheiros aparecem com actualizações superiores a uma hora. Em princípio, no primeiro minuto da hora seguinte, a situação fica regularizada com as actualizações mais recentes.

Como referimos desde o início deste serviço, muitas coisas podem falhar – neste como em qualquer outro site. E por maioria de razões neste, já que depende de uma série de factores em diferentes locais. Como também já referimos antes, a lista pode não estar visível, momentaneamente, ou pode apresentar uma situação de há mais do que uma hora, por diversas e algumas imprevisíveis razões. Mas essas serão sempre situações excepcionais e transitórias, a excepção e não a regra; no fundamental, o sistema já provou que funciona.

Resumindo, e do ponto de vista do utilizador, o que importa reter é isto: se as actualizações não aparecerem, ou se não forem as mais recentes, tente de novo mais tarde; no máximo, uma hora depois.

Agradecemos que os utilizadores nos vão dando conta de qualquer anomalia que detectem.

Nota: o seu “firewall” pode estar configurado de forma a impedir a visualização dos ficheiros de actualizações (“popup blocking”, “ad blocking”), o mesmo acontecendo com algumas opções de “segurança” do seu “browser”.

revisto em 26.05.04, 16:00 h

Share

Comentários…

Este sistema de comentários é mais uma das ferramentas recentemente disponibilizadas pela Blogger. O “interface” não é muito claro e virá a precisar de alguma afinação.

Com este utilitário, cada “post” fica individualizado em ficheiro próprio, com os comentários que lhe dizem respeito por baixo.

Para activar o sistema no seu blog, vá à sua conta na blogger.com e seleccione o separador “Settings/Comments”; aí, siga as instruções – que são simples mas ainda apresentam alguns problemas.

Não se esqueça de fazer sempre “backup” do “template”, antes de efectuar alterações.

Nota: depois de alguns dias à experiência aqui no Apdeites, resolvemos retirar o sistema de comentários da Blogger; este “post” foi editado e alterado em 22 de Maio, às 21:00 h

Share

Blogfotos

Foi acrescentada hoje a 200ª blogfoto à nossa galeria, que fica assim completa… pelo menos para já. Para quem não sabe e quer saber o que é “isto dos blogs”, um passeio pela galeria é uma forma diferente de ficar com uma ideia.
As “snapshots” estão ordenadas alfabeticamente, em função do título do blog, com uma ou outra excepção. O critério de escolha foi muito simples: alguns daqueles que têm ou tiveram “link” ou ao nosso serviço ou ao ex-Bloco-notas.

Share

Blogs da A.R.

sistema de blogs da Assembleia da República

O deputado José Magalhães escreve hoje, no novo “sistema de Blogs da Assembleia da República” um artigo com o título CHACINA DOS BLOGS. Um pequeno extracto deste artigo, publicado no blog República Digital:

Parece que tudo começou com uma curta do Expressonline , onde se dizia A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) pretende acabar com a existência dos chamados «blogs», páginas de opinião muito em voga na Internet, alegando que estes sítios são frequentemente utlizados para difamação(…)

Aparentemente, o República Digital é, para já, o único blog existente naquele sistema. No entanto, já é possível ler e comentar os (14) artigos publicados até ao momento.

Share

Post por email; Blogger.com

 
A Blogger acaba de lançar não apenas um novo visual mas também novas ferramentas. Uma destas é a possibilidade de envio de “posts” por email.
 
Em “settings”, seleccione o separador “email” e experimente. Mais fácil do que isto não podia ser.
 
De caminho, por acréscimo, inscreva um endereço de email para onde pretende que sejam enviadas cópias de todos os seus “posts”. Esta ferramenta já existia, na versão anterior, mas não era utilizada por muitos dos “bloggers” nacionais. Isto é uma forma de conservar sempre cópias de segurança do seu blog. 
 
Uma outra novidade, no novo “interface” da Blogger, é a inserção automática de comentários (com possibilidade de notificação por email).
 
  

Este “post” foi enviado por email.
Notas: ainda não é possível anexar imagens e é automaticamente inserido algum código que pode vir a conflituar com a edição do “post”.

Share