três coisas apenas

O Sr. Nélson Mendes tem 32 anos e é tetraplégico desde os 19. Publicou um livro, realizou diversas exposições das suas pinturas, foi entrevistado por alguns jornais, esteve em dois ou três programas de televisão. Alguns dos seus problemas mais imediatos foram resolvidos, com o auxílio de diversas entidades e com a ajuda de muitas pessoas, entre figuras públicas e perfeitos anónimos. No entanto, o facto é que o Nélson não pode sair à rua, tem um acesso complicado e dispendioso à Internet e tem de pagar a assistência domiciliária, da qual depende em absoluto.

O Apdeites orgulha-se de aderir a esta causa, à semelhança de outros. Acabámos de criar e alojar o blog do Nélson e tentaremos, por todos os meios, divulgar a situação. A ideia é contribuir para tornar o mais possível pública uma situação concreta, de um ser humano em concreto, com vista à resolução de apenas três coisas que poderiam melhorar significativamente a sua qualidade de vida:

1. Que os vizinhos do prédio onde vive consintam em que seja construída uma rampa, ou outro meio adequado, para que ele possa sair de casa.
2. Que ele tenha acesso permanente e gratuito, ou a preços reduzidos, à Internet.
3. Que lhe sejam prestados cuidados e assistência domiciliária gratuitas.

São apenas três coisas, que não envolvem objectivamente quaisquer colectas ou peditórios. Não é necessário nada disso. Apenas se pede, a quem visita e utiliza os serviços do Apdeites, e à “blogosfera” em geral, que se mobilize, que propagandeie o assunto, que faça pressão sobre entidades e empresas, que dê ideias, que indique soluções.

JPG

Share

Ping!

ping o seu blog!

Simplificando em extremo, Ping é um termo (mais ou menos) técnico, representando o envio de um sinal que, por sua vez, aguarda resposta (Pong).
Quando um blog é criado, actualizado ou alterado, alguns serviços de alojamento (Blogspot, por exemplo) providenciam esta notificação automática, mas em outros hosts (blogs.sapo.pt, também por exemplo) não existe qualquer automatismo para o efeito; nos casos destes blogs, as respectivas actualizações apenas poderão ser detectadas se o ping for enviado caso a caso, isto é, por assim dizer, de forma “manual”.
As listas de actualizações do Apdeites utilizam como fonte de dados (de certa forma, o pong de resposta) o serviço Blo.gs, que reflecte, por sua vez, as actualizações de blogs detectadas (via pings automáticos ou “manuais”) por dois outros serviços.
Se um blog não tiver forma alguma de ping, os serviços que registam ou pesquisam actualizações (como é o caso do Apdeites) não as poderão detectar. A não ser que o blogger envie, ele mesmo, um sinal de que o seu blog foi criado, actualizado ou modificado.
Pode acontecer também que, por diversos motivos, as modificações deixem de ser detectadas automaticamente, mesmo de blogs com os quais isso era suposto acontecer.

Para todos os casos, existe o Ping-O-Matic, uma utilíssima ferramenta on-line que providencia uma espécie de ping selectivo, isto é, permitindo que o sinal seja enviado para um, para vários, ou para todos os serviços que registam alterações.

Basta entrar no endereço e preencher nome e endereço do seu blog, e assinalar os serviços que pretende “avisar” como, entre outros, weblogs, Feedster, blo.gs, Blogshares, Technorati. Depois, click no botão “Submit Pings” e aguarde pelo relatório da(s) entrega(s); posteriormente, sempre que actualizar o seu blog, bastará carregar no botão porque, em princípio, o resto já estará preenchido.

Share

Faça a sua própria lista de apdeites

Crie a sua própria lista de actualizações (blo.gs) e coloque-a no seu blog. Passo a passo, é assim:


  • 1. click aqui (abrir conta na blo.gs)
  • 2. escreva o seu endereço de email e a sua password (esta, duas vezes)
  • 3. automaticamente, abre a sua página da Blo.gs, com todos os weblogs ali registados
  • 4. click na opção “search”; abre uma caixa de pesquisa
  • 5. escreva um endereço de blog (sem “www”); click em “go”
  • 6. quando aparecer – se existir – o registo desse endereço, click no sinal “+” junto ao nome
  • 7. para cada novo endereço, repita os dois passos anteriores; pode ir acrescentando novos blogs à sua lista, ou retirar os que já não interessam (utilize o sinal “-“)
  • 8. quando tiver alguns blogs na sua lista (podem ser 2 ou 3, mas também podem ser centenas), vá a “settings” e assinale a opção “make list of favorites public”
  • 9. assinale outras opções, como “timezone” (Europe/Lisbon), “only show favorite blogs” e “open links in new window”; depois disto, click no botão “save settings”
  • 10. quando aparecer a confirmação de que a sua configuração foi guardada, click em “home”; vá a “share”
  • 11. seleccione com o rato todos os caracteres contidos na linha que diz
    (em vez de XXXX, deve aparecer o seu número de utilizador)
  • 12. copie (ctrl+C) esta linha para memória
  • 13. abra o “template” do seu blog e coloque o “pointer” no sítio onde quer que a lista apareça; cole (ctrl+V) ali o conteúdo em memória, a linha referida em 11.
  • 14. veja o resultado (opção “preview”) e altere a localização da lista, tipos de letra (é conveniente ter bases de CSS), largura da coluna, etc.; quando o resultado for do seu agrado, guarde o “template”. Pronto. Está feito.
  • 15. Se tiver dificuldades, contacte o Apdeites e exponha o problema. Responderemos logo que possível.


Notas:
– a todo o momento, pode ir à sua página de utilizador blo.gs e alterar configurações, acrescentar ou retirar blogs, consultar informação diversa (quando já tiver uns quantos endereços, veja “recommendations”) e até pode alterar o estatuto da sua lista ou, pura e simplesmente, apagá-la; todas essas alterações se reflectem imediatamente no seu blog; para retirar a sua lista de “apdeites” do seu blog, basta apagar a linha referida no passo 13.
– existem algumas outras formas e variantes deste procedimento; a forma indicada é apenas a mais simples.
– não utilize contas de outros utilizadores no seu “template”, porque isso é parasitar o trabalho alheio; além disso, é facílimo tornar uma lista pública em não-pública e arrisca-se a ficar com um “buraco” no seu blog.
– para ver o número de utilizador blo.gs de um certo blog, edite o código (Edit/View Source) e procure (ctrl+F) “src=”http://blo.gs/”.
– o serviço blo.gs é um dos muitos que existem na internet sobre o assunto; tem defeitos, como tudo na vida; nomeadamente, não detecta todos os endereços, referindo – no caso de weblogs portugueses – cerca de 66% dos existentes; além disto, assinala como actualização qualquer “mexida” num blog, seja novo “post” seja a mais insignificante alteração de “template” ou uma simples correcção em qualquer dos “posts” correntes. O sistema da blo.gs tem igualmente inúmeras falhas de segurança, o que não garante muita fiabilidade nos resultados. No entanto, continua a ser o mais utilizado dos serviços de actualizações.

Share