Os Processos

[disclaimer (ou, traduzindo para info-excluídos, declinação de responsabilidades)] Este recorte de jornal é aqui publicado na assumpção de que (ainda) não é crime, em Portugal, reproduzir opiniões alheias, mesmo ou se, em especial, quem a faz (a reprodução) poderia perfeitamente tê-la escrito pelo seu próprio punho. Caso, porventura, alguém se sentir atingido pelo que na dita reprodução se diz deverá proceder em conformidade, isto é, fazer o que lhe der na real gana, marimbando-se positivamente para o que está certo e o que está errado, mas o que interessa no caso é que vão marrar com quem escreveu o texto e não com quem reproduziu o escrito.

Share

A Internet em Tribunal (bis)

Terá lugar no próximo dia 12, 2ª Feira, pelas 10 horas, o julgamento do “blogger” João Pedro Graça, autor do “blog” Apdeites, na sequência disto e em consequência de não sei exactamente o quê.

Teria muito gosto, evidentemente, em que estivessem presentes todos aqueles que isto lerem. Ou pelo menos os mais afoitos, é claro. Se bem que tendo consciência de que isto não é propriamente um convite para um evento social – nem, presumo e imagino, para algo de muito agradável -, mesmo assim calculo que a coisa possa vir a ter algum interesse, quanto mais não seja para que as pessoas em geral e os “bloggers” em particular (ou, de forma abrangente, todas as pessoas que de alguma forma estão na Internet) tenham uma pequena amostra e uma instrutiva ilustração do país em que vivem.

Até lá.

Pormenores? Não posso. Tentem ler nas entrelinhas, nos subentendidos e no que está lá não estando. E que esse exercício de desencriptação vos permita ir desde já tirando a limpo o que significam termos como “amostra”, “ilustração” e “país”. O último a sair que apague as luzes do aeroporto, é o que se me oferece encriptadamente dizer sobre isto.

Share