Dia: 26 de Setembro, 2016

«O patético acordo ortográfico» [Luís de Matos]

aqui tinha referido esta fantástica demonstração de inabalável firmeza: o mágico Luís de Matos obrigou (literalmente) a ultra-acordista Porto Editora a publicar o seu “Livro dos Segredos” em Português. Nem imagino o tamanho do “melão” que tocou por via disto aos acordistas em geral, tanto na editora como fora dela.

E não apenas lhes ofereceu essa oblonga peça de fruta, para usarem à laia de cabeça, como faz agora o autor absoluta questão de publicamente realçar o facto:

Porque sou fiel àquilo em que acredito, o #LivroDosSegredos não respeita o patético Acordo Ortográfico. Está escrito em Português!


O que temos aqui é um verdadeiro veterano, como sabemos. Pois se já vai longa a luta contra o AO90, neste combate participa Luís de Matos desde os primórdios.

luisdematos_ilc
Na história do nosso país, nunca nenhum grupo de cidadãos alheios a quaisquer partidos, organizações, ordens ou tendências políticas, fez uso da prerrogativa legislativa a que tem direito. No caso presente, esta ILC visa revogar a resolução que implementa o Acordo Ortográfico em Portugal. […]

No meu círculo de amigos, nove em cada dez pessoas consideram o Acordo Ortográfico um verdadeiro hino à patetice e à subserviência saloia. […] A ILC é a única forma de eficazmente fazer ouvir a nossa voz.

Luís de Matos

http://luisdematos.com/_blog/Blog/post/ILC_contra_AO/