Priberam e FLIP: em Português

Da já longa série “Em Português” merece especial destaque — por razões óbvias — o excelente dicionário “online” da Priberam e a sua produção mais importante, o FLiP – Ferramentas para a Língua Portuguesa.

Ferramentas estas que são bem mais do que aquilo que a própria Priberam diz delas: «O FLiP 10 é a décima versão do pacote de ferramentas de revisão e auxílio à escrita da Priberam e o único que inclui um corrector ortográfico, um dicionário e um conversor para o novo Acordo Ortográfico.»

De facto, estas ferramentas permitem total liberdade e fiabilidade em processamento de texto… e não só.

Fundamentalmente, e isso é que interessa, a Priberam conserva as duas variantes (portuguesa e brasileira) em compartimentos absolutamente estanques, sem qualquer espécie de mistura ou de confusão entre essas duas normas cada vez mais divergentes.

Todas as ferramentas Priberam estão assim — muito saudável e justamente — divididas e separadas: “Portugal” e “Brasil”. Só as caixas em que o FLIP é comercializado são parecidas, mas as semelhanças terminam por aí mesmo.

Na Priberam não fingem, ao contrário de outros na concorrência, que o AO90 pariu uma “língua portuguesa universal”. Não pretendem impingir a ninguém a peregrina ideia de que a “adoção” da variante brasileira e o concomitante extermínio da norma portuguesa poderiam ter o mais ínfimo impacto na “difusão da língua portuguesa no mundo”. Em suma: na Priberam trabalham profissionais sérios que, muito honrosamente, se estão nas tintas para as patranhas (dos) acordistas.

O FLIP é o principal produto comercial da Priberam mas o serviço público que a empresa presta, completamente grátis, é muito mais abrangente e por isso mesmo inestimável. De facto, não existe melhor dicionário “online” ou, de resto, qualquer espécie de coisa sequer remotamente parecida. Os vários dicionários brasileiros na “web” e os seus bajuladores portugueses não entram na equação — não contam para nada.

Neste excelente dicionário não há lugar para invenções ou mentiras, como aliás os próprios declaram expressamente.

Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

 

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) é um dicionário de português contemporâneo, cuja nomenclatura compreende o vocabulário geral, bem como os termos mais comuns das principais áreas científicas e técnicas. O DPLP contém, sempre que pertinente, informação sobre as diferenças ortográficas e de uso entre o português europeu e o português do Brasil no final de cada verbete. Para além das funcionalidades avançadas de consulta e pesquisa assentes na nova plataforma lexicográfica da Priberam, o DPLP inclui a ligação para os auxiliares de tradução do FLiP, que permitem a tradução de um número significativo de palavras e expressões de e para espanhol, francês e inglês.

O DPLP tem por base o Novo Dicionário Lello da Língua Portuguesa (Porto, Lello Editores, 1996 e 1999), licenciado à Priberam em 2008, no que diz respeito à informação lexicográfica para o português. A obra foi adaptada para formato adequado à disponibilização electrónica pela Priberam e revista pela sua equipa de linguistas, estando em constante actualização e melhoramento.

A Priberam agradece desde já todos os comentários e sugestões dos utilizadores, nomeadamente os relativos à lexicografia, informação que será tida em conta pela equipa de linguistas, bem como os relativos a funcionalidades que gostassem de ver implementadas. Todos os comentários devem ser enviados para dicionario@priberam.pt.

O DPLP e o novo Acordo Ortográfico

O DPLP apresenta-se em duas versões: uma redigida na norma europeia do português, sem e com as alterações gráficas previstas pelo Acordo Ortográfico de 1990, e outra redigida na norma brasileira do português, com e sem as alterações previstas pelo novo Acordo Ortográfico.

Na secção Como consultar, cada uma destas opções de pesquisa no DPLP é descrita pormenorizadamente.

Para mais informações sobre o Acordo Ortográfico (bases do texto legal comentadas e respostas a algumas perguntas frequentes), consulte a secção Acordo Ortográfico no site do FLiP.

https://www.priberam.pt/dlpo/sobre.aspx

No “site” da Priberam, assim como na sua página do Facebook, tudo está em Português. Se alguém tiver a esquisita ideia de preferir tresler aquilo em acordês, por algum misterioso ou sumamente imbecil motivo, a Priberam — cujo lema comercial bem poderia ser “não queremos que vos falte nada” — disponibiliza uma espécie de “tradutor automático”: qualquer tuga fascinado pelo “gigantismo” do Brasil pode a qualquer momento seleccionar as opções contrárias às normais.

As quais podem ser estas:

 

Ou também podem ser as da imagem à direita:

Experimente ambas as configurações e decida qual delas mais lhe convém. Essas configurações ficam guardadas no aparelho que estiver a usar (não se esqueça de “carregar” no botão “Guardar”!) e assim qualquer consulta futura irá devolver apenas resultados em Português correcto.

Como se tudo isto ainda fosse pouco, o  “site” da Priberam constitui também acervo documental e pesquisável, sem truques técnicos (ou outros), que nos permite saber ao certo do que estamos a falar quando falamos de “acordo ortográfico”, em quantidade de destruição e em grau de devastação do Português-padrão.

Por exemplo, a pesquisa seguinte resulta em quase setenta mil entradas estropiadas pelo AO90.

Situação em 24.12.17 às 09:20 h. Os resultados podem variar (aumentar) se abrir o "link" da "fotografia" da dita situação poderá obter resultados diferentes.

E dizem os acordistas que o “acordo” afecta “apenas” 2% das palavras! Como se as palavras fossem grãos de milho numa saca em que “só” dois grãos de cada 100 estão bichados ou apodreceram…

Em resumo e para concluir: com o dicionário “online” e o FLIP da Priberam ficamos todos (muito) bem servidos. Em Português.

Destaquemos, pois, quem merece.

Grande, grande Priberam!

Print Friendly, PDF & Email
Share