Governo Sombra com Iniciativa

Os “ministros” Pedro Mexia, Ricardo Araújo Pereira e João Miguel Tavares, além do próprio “host” do programa, Carlos Vaz Marques, manifestam mais uma vez unanimidade no que ao “acordo ortográfico” diz respeito: todos contra.

Esta emissão do “Governo Sombra” passou na TVI na madrugada do dia 2 de Fevereiro de 2019 e em gravação áudio, na TSF, no dia seguinte.

A parte que mais interessa, aquela em que o “gabinete ministerial” fala (ou, melhor, diz cobras e lagartos) sobre o AO90, acontece a partir do minuto 45 e, durante os seis minutos e meio dedicados ao tema, aquilo a que assistimos é o habitual arraial de pancadaria, os quatro altos dignitários da Nação competindo entre si a ver quem dá mais porrada na malaquenha invenção. Apenas João Miguel Tavares coloca algumas reticências quanto à reversão do processo de demolição em curso (ah, e tal, as minhas filhinhas, coitadinhas, se isto volta atrás vão ter de aprender a escrever de novo, etc.) mas, evidentemente, aquilo é brincadeira, ninguém pode aventar semelhante objecção sem estar no gozo, este João Miguel adora a reinação.

Uma espécie de fenómeno curioso ocorrido durante esta ministerial conversação é o facto de Pedro Mexia ter declarado apoiar a ILC-AO (que subscreveu, como é público, à semelhança do que fez RAP) e de ter assinado «tudo o que me puseram à frente sobre o acordo ortográfico» mas com uma única excepção: «tirando uma coisa sobre um referendo; como ia ter 5% de participação, achei que era má ideia.»

Curioso, realmente, oh, sim, muito curioso. Mas então não é ele mesmo, Pedro Mexia, um dos “mandatários” do tal referendo-que-afinal-é-má-ideia?

Estarás pois tu, ó Pedro, a mentir? E, se não estás tu a mentir, ó Pedro, como a mim me parece, então quem será que anda por aí a aldrabar o pessoal? Quem será o aldrabão (ou aldrabões), hem, ó Pedro, que a mim, assim de repente, não me ocorre (digamos) nomezinho nenhum, hem, ó Pedro, o que dizes?

Bom, e daí, talvez seja melhor não dizer mais nada, pelo menos até ver.

O que por agora importa é ouvir. E ler. E pensar. E então agir: apoiar a luta contra o AO90  ajudando de todas as formas possíveis a única Iniciativa verdadeira, séria, credível e viável para acabar com ele.

 

Nota: o vídeo acima está em “iframe” (página externa embutida), daí a publicidade inserida pela TVI na “janela” de origem; é possível que o dito canal de TV tente impingir remotamente, além de anúncios a granel, uma qualquer inscrição num “portal” ou num serviço qualquer. Evidentemente, não tenho nada a ver com isso, manobras publicitárias ou truques de “marketing” não são a minha praia. Sugiro que a visualização seja feita no “site” onde está alojado (e aferrolhado) o vídeo.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *