“Norma culta”

Escusado será dizer (de novo), “norma culta” é coisa que não existe no Brasil. Aliás, não existe “norma culta” porque isso implicaria uma norma ortográfica; o que existe, por aquelas bandas, isso sim, é uma obtusidade a que brasileiros chamaram “Reforma Ortográfica”, o que não tem rigorosamente nada a ver com Ortografia propriamente dizendo. “Reforma” é uma brasileirada e entre esta e a Ortografia portuguesa qualquer semelhança é mera coincidência.

O que para eles pouco ou nada interessa, bem entendido, visto que apenas conhecem a tal Reforma (em sentido restrito) e jamais lhes passou pela cabeça, em sentido lato ou apenas vagamente, que na “terrinha” existe uma Gramática e, como disciplina ou área técnica desta, que sequer exista a Ortografia do Português.

Imenso jeito para nós, portugueses, seria ter um pequeno glossário que nos esclarecesse sobre os grandes mistérios do «idioma brasileiro». Para que entendêssemos, por exemplo, o que significa o verbo «dominar» ou a absurda expressão «norma padrão do brasileiro».

Nojento papel de subjugação de Portugal, a «terrinha”, e a total indiferença — com ressonância de neo-colonialismo — para com os alunos portugueses em particular e o Português em geral. A «reforma» é um acto soberano do Brasil que toca a Portugal, assinando por baixo, venerar como Estado acéfalo governado por imbecis e corruptos.

Os figurantes da excursionista fantochada (CPLP) servem apenas para fazer número,  com as assinaturas de dois ou três lacaios (Cabo Verde, 2005) e de um Estado inviável (São Tomé e Príncipe, 2006). Bastaram aqueles dois para chamar “acordo” à «reforma” e  Portugal (2009) agradeceu a benesse, venerador atento e obrigado, sendo meia dúzia de académicos nacionais os autores do golpe de prestidigitação.

Ou, nas avisadas palavras de alguns brasileiros de renome (os quais a tuga Academia das Ciências de Lisboa finge ignorar): «a implementação do dito Acordo é simplesmente uma bagunça, é o caos linguístico; é uma desgraça! É a bancarrota da Língua!»

Universidade do Livro oferece cursos on-line para quem deseja dominar a norma culta da Língua Portuguesa

São dez opções permanentes para acelerar e aprofundar o conhecimento no idioma focando na vida profissional

atualizado em 24/3/2020

Todos os brasileiros sabem português, como defende o linguista Marcos Bagno, porém não são todos que se aprofundam na variedade do idioma brasileiro. Dominar os tópicos básicos da gramática normativa, normalmente, apresenta grande dificuldade para os estudantes e profissionais, mas é um diferencial competitivo em todo o mercado de trabalho.

Visando preencher essa lacuna educacional, a Universidade do Livro (Unil), pertencente à Fundação Editora da Unesp (FEU), oferece uma programação totalmente on-line para quem deseja conhecer e aplicar a norma-padrão do idioma, requisitada por diversos setores profissionais.

As videoaulas, ministradas pelo renomado professor Francisco Marto de Moura, são focadas no aperfeiçoamento e domínio da língua portuguesa, com conteúdo rápido e dinâmico podem ser começadas a qualquer momento. O aluno conta com o suporte de exercícios autocorretivos e leituras extras para alcançar os objetivos propostos:

* transmitir ideias com clareza e correção gramatical;
* preparar trabalhos escolares e acadêmicos;
* prestar concursos públicos;
* enfrentar a prova do ENEM ou o vestibular;
* redigir textos coesos, fluentes e bem argumentados;
* redigir propostas comerciais e planos de trabalho;
* fazer apresentações em público;
* participar de entrevistas de emprego, dentre muitas outras possibilidades.

Confira abaixo os cursos e clique nos links para mais informações:

Gramática da Língua Portuguesa – O Acordo Ortográfico vigente (EaD) – https://bit.ly/2wsENcj
Gramática da Língua Portuguesa – Análise sintática I (EaD) – https://bit.ly/2QAaYNM
Gramática da Língua Portuguesa – Análise sintática II (EaD) – https://bit.ly/3a76aaq
Gramática da Língua Portuguesa – Análise sintática III (EaD) – https://bit.ly/2UdXIAV
Gramática da Língua Portuguesa – Coesão e coerência textual (EaD) – https://bit.ly/2Uv2SXM
Gramática da Língua Portuguesa – Colocação pronominal (EaD) – https://bit.ly/3abIEZR
Gramática da Língua Portuguesa – Concordância verbal (EaD) – https://bit.ly/2WAJdbW
Gramática da Língua Portuguesa – Crase (EaD) – https://bit.ly/2J9ekDw
Gramática da Língua Portuguesa – Pontuação (EaD) – https://bit.ly/3bbMimC

Gramática da Língua Portuguesa – Regência verbal e nominal (EaD) – https://bit.ly/3bew4t5

Mais informações sobre a Universidade do Livro estão disponíveis
no site: www.universidadedolivro.com.br ou pelo e-mail: unil@unesp.br

Website: http://editoraunesp.com.br/blog/universidade-do-livro-oferece-cursos-on-line-para-quem-deseja-dominar-a-norma-culta-da-lingua-portuguesa
“prestidigitação”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/prestidigita%C3%A7%C3%A3o [consultado em 31-03-2020].

O nosso Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa Online
é Grátis  e conta com *Certificado opcional válido em todo Brasil. OBS. Se seu objetivo com esse Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa é o certificado CLIQUE AQUI  e saiba mais.

O Certificado de Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa Online, do nosso portal  é válido conforme (lei número 9.394) e pode ser usado para:

Veja como é o certificado do Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa:CERTIFICADO DE NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESAOBS. Se seu objetivo com esse Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa é o certificado CLIQUE AQUI  e saiba mais.

Conteúdo programático do Curso De Nova Ortografia Da Língua Portuguesa:

  • Introdução
  • Breve Histórico
  • Objetivos e argumentos a favor do novo acordo
  • As Transformações da Língua
  • Mudanças no Alfabeto
  • Uso e Eliminação do Trema
  • Mudanças nas Regras de Acentuação
  • Uso do Hífen
  • Uso do “h”
  • Utilização de Letras Maiúsculas e Minúsculas
  • (ABL) e as Mudanças Finais na Nova Reforma Ortográfica
  • Confusões entre gramáticos e dicionários
  • Bibliografia/Links Recomendados
[Transcrição integral . Nesta transcrição foi  mantida a cacografia brasileira do original . Destaques sublinhados e “links” meus. Imagem copiada da Internet. Tudo o que aqui escrevo é de minha exclusiva responsabilidade e tudo o que aqui reproduzo — com a finalidade de constituição de acervo documental respeitante ao “acordo ortográfico”, em especial — é da responsabilidade dos respectivos autores, que são, sempre que possível, citados com indicação das fontes/autoria. JPG]
Print Friendly, PDF & Email