Conteúdos virtuais em Português real

Palacete de S. Bento, residência oficial do Primeiro-Ministro

Palacete de S. Bento, residência oficial do Primeiro-Ministro

 

«Determinar que, a partir de 1 de Janeiro de 2012, o Governo e todos os serviços, organismos e entidades sujeitos aos poderes de direcção, superintendência e tutela do Governo aplicam a grafia do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, aprovado pela Resolução da Assembleia da República n.º 26/91 e ratificado pelo Decreto do Presidente da República n.º 43/91, ambos de 23 de Agosto, em todos os actos, decisões, normas, orientações, documentos, edições, publicações, bens culturais ou quaisquer textos e comunicações, sejam internos ou externos, independentemente do suporte, bem como a todos aqueles que venham a ser objecto de revisão, reedição, reimpressão ou qualquer outra forma de modificação.» [RCM 8/2011]


Confusos e aturdidos pela propaganda governamental acordista, grande parte dos portugueses não faz a mínima ideia de que a Resolução do Conselho de Ministros acima citada — a única espécie de “lei” (que o não é, em rigor***) que determinou a entrada em vigor do AO90 — apenas afecta os organismos e entidades que integram as entidades sob alçada governamental.

Ora, em 2011, quando o então Primeiro-Ministro José Sócrates, um famoso homem de negócios, despachou e mandou distribuir cópias daquela RCM, absolutamente nada obrigava fosse quem fosse — à excepção dos funcionários públicos no estrito âmbito dos respectivos empregos — a escrever “à brasileira”, como na altura se dizia. Uma década depois, o mesmo partido político de Sua Excelência o Senhor Dr. ao Domingo é agora liderado pelo então braço direito do douto domingueiro e, por conseguinte, mantendo rigorosamente inalterada a “política” de subserviência absoluta ao Brasil, não apenas a tal governamental Resolução (uma espécie de “ordem de serviço”, não mais do que isso) ainda não foi anulada, como saiu reforçada e continua a ser profusamente apregoada fazendo-a passar por mandamento divino com eficácia jurídica. Quem fez aprovar a Resolução da Assembleia da República nº 35/2008 — base sem a qual jamais teria existido a Resolução do Conselho de Ministros — foi uma ocasional maioria parlamentar e o partido político que ocupa as cadeiras do Poder na presente legislatura é o mesmo que governava quando a golpada foi negociada com a chamada “oposição” — a qual, por seu turno, foi a mola detonadora da língua brasileira univerrssau compulsiva.

escudo de armas da actual bandeira de Ceuta

escudo de armas da actual bandeira de Ceuta

Após 10 anos a levar com os tratos de polé do tipo de brasileirês preconizado no estropício malaquenho e mesmo com três décadas e meia de lavagem ao cérebro sistemática e compulsiva, o povo português resiste com coragem e luta ainda com determinação contra o maior crime de lesa-Pátria da nossa História. Sejam quem e quantos forem os vendidos, os traidores, os traficantes, os negociantes, os homens-de-mão, os agentes e os imbecis em geral, a Língua Portuguesa continua viva e recomenda-se.

Segue-se uma selecção de logótipos (com os respectivos “links) que pretende ser meramente representativa da imensa quantidade de sites, páginas, organizações, plataformas e serviços que na Internet mantêm a Língua Portuguesa inalterada, ou seja, com os seus conteúdos preservados da contaminação pela cacografia brasileirista imposta pelo AO90.

***Hierarquia das leis: 1.º Lei Constitucional, 2.º Revisão Constitucional, 3.º Tratado internacional, 4.º Lei ordinária, 5.º Decreto-Lei, 6.º Decreto regional, 7.º Decreto regulamentar, 8.º Decreto regulamentar regional, 9.º Resolução do Conselho de Ministros, 10.º Portaria, 11.º Despacho, 12.º Postura [wiki]


As pessoas, empresas, entidades e organizações que não estejam sobre a tutela governamental são livres de não acatar o “acordo ortográfico” de 1990.

Internet portuguesa em Português

site Citadorsite
Citador
(citações)
Ephemeraarquivo
Ephemera
(Pacheco Pereira)
Fundação D. Manuel IIFundação D. Manuel II PriberamPriberam
(dicionário e corrector)
Médicos do Mundoorganização
Médicos do Mundo
Fundação Eça de QueirósFundação Eça de Queiroz revista Seara Novarevista
Seara Nova
jornal Le Monde Diplomatiquejornal
Le Monde Diplomatique
Ed. Guerra e Pazeditora
Guerra&Paz
Sociedade Portuguesa de AutoresSociedade Portuguesa de Autores Wordpress Portugalorganização
Wordpress Portugal
revista Timeout Lisboarevista
TimeOut
A.N.O. – Associação Nacional dos Ópticos Portal da LiteraturaPortal da Literatura MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa
jornal O Diabojornal
O Diabo
jornal Públicojornal
Público
Jornal de AngolaJornal de Angola Associação ClenardusAssociação Clenardus
Diário de Notícias Madeirajornal
Diário de Notícias – Madeira
jornal Novojornal
NOVO Semanário
portal AngopAgência Angola Press jornal Hoje Macaujornal
Hoje Macau
blog Bic Laranjablog
Bic Laranja
jornal Notícias Viriatojornal online
Notícias Viriato
El Corte Inglésestabelecimentos
El Corte Inglés
revista Loudrevista
Loud!
Fundação Francisco Manuel dos SantosFundação Francisco Manuel dos Santos lojas A Vida Portuguesalojas
A Vida Portuguesa
Teatro BBVATeatro Tivoli BBVA site Aberto Até de Madrugadasite
Aberto Até de Madrugada
Unicef PortugalUnicef Portugal Raia Diplomáticarevista
Raia Diplomática
Artistas Unidossociedade
Artistas Unidos
(Teatro)
jornal Expresso das Ilhas (Cabo Verde)jornal
Expresso das Ilhas
(Cabo Verde)
Editorial Divergência revista Marketeerrevista
Marketeer
projecto
Descla –
Desporto Cultura Lazer
Zé dos Boisgaleria
Zé dos Bois
blog Octanasblog
Octanas

Fundação Oriente
formação
Escola de Escritas
blog Mundo Maravilhosoblog
Um Reino Maravilhoso

 

[Nota: a partir de agora, esta panorâmica saudável irá crescendo em página própria: “Websites em Português”.]

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta