Etiqueta: Medicina

O buraco da frente

Em prol de uma coisa que designa como “linguagem inclusiva”, certa organização LGBTQIA (acho que faltam na sigla algumas das letras do alfabeto) preconiza — o habitual primeiro passo para a obrigatoriedade por lei — que o termo “vagina” seja substituído pela expressão “buraco da frente”.

Mais declaram, os extremamente virtuosos paladinos do conceito, entre outras pérolas de semelhante cultura, que, historicamente falando, sempre houve uma tão evidente quanto generalizada “homofobia e transfobia” (ou lá o que é), o que se reflectia (indecentemente, se calhar) nos manuais (salvo seja) e nos “guias de sexo seguro”. Ora, dizem eles, e quem somos nós para duvidar, esse tempo já lá vai, acabou-se a bandalheira, agora é que é a sério: mude-se o nome da coisa (salvo seja, de novo) e pronto, aí está a tal “linguagem inclusiva”.

“Buraco da frente”, aliás, substituindo compulsivamente o repugnante — porque  homofóbico e transfóbico — substantivo feminino “vagina”, parece de facto ser muitíssimo mais elegante, no mínimo, o que poupará toda a gente a evidentes embaraços quando, por exemplo em amena cavaqueira, à mesa do café ou assim, for necessário referir “aquilo”. Convenhamos, é desagradável, pode mesmo tirar o apetite, estamos nós muito descansadinhos a debicar uns petiscos e de repente algum gajo “homofóbico ou transfóbico” desata a falar em “vaginas”, bem, ai, q’horror, t’arrenego Satanás. Isto ele não há cá disso, nunca houve, só existem “buracos”, somos apenas, no fim de contas, um conjunto, uma colecção de orifícios espalhados pelo corpo.

O que significa, portanto, que não apenas os manuais e guias de “sexo seguro” estavam completamente errados (o que deve ser corrigido com efeitos retroactivos, presumo) como errada estava a abordagem clínica da questão: não contando com as cesarianas, nenhum (e nenhuma) de nós veio ao mundo por parto vaginal, todos (e todas) nós nascemos pelo “buraco da frente”.

O que significará também, por arrevesada analogia (salvo seja, pela terceira e última vez), que estando “atestado” o “buraco da frente”, então importa apurar o que é e para que serve o “buraco de trás”. Não interessando propriamente usos alternativos, podemos no entanto questionar os mesmos ou outros engenheiros linguísticos sobre o que desse outro buraco nascerá.

Lá iremos mas, para já, aqui fica a documentação que esclarece o profundo caso. Não é preciso espreitar pelo buraco da fechadura.

 

(…)

These guides also often unnecessarily gender body parts as being “male parts” and “female parts” and refer to “sex with women” or “sex with men,” excluding those who identify as nonbinary. Many individuals don’t see body parts as having a gender — people have a gender.

And as a result, the notion that a penis is exclusively a male body part and a vulva is exclusively a female body part is inaccurate. By using the word “parts” to talk about genitals and using medical terms for anatomy without attaching a gender to it, we become much more able to effectively discuss safe sex in a way that’s clear and inclusive.

For the purposes of this guide, we’ve chosen to include alternative words for readers to use for their genitals. For example, some trans men choose to use the words “front hole” or “internal genital” instead of “vagina.” Alternatively, some trans women may say “strapless” or “girl dick” for penis. This usage is meant for one-on-one communication with trusted persons, such as your doctor or partner, not for broad discussion.

In this guide, whenever we use the medical term “vagina,” we’ll also include “front hole” as clinically recommended by researchers in the BMC Pregnancy and Childbirth journal.

(…)

Health Line, “LGBTQIA Safe Sex Guide”

Medically reviewed by Janet Brito, PhD, LCSW, CST
on July 12, 2018
— Written by Mere Abrams

Share

Em Português – 70

CGTP-IN

http://www.fectrans.pt/index.php/sectores/ferroviario/2016-ip-vamos-fazer-ouvir-as-nossas-vozes"IP: vamos fazer ouvir…

Publicado por CGTP-IN em Sexta-feira, 2 de Março de 2018

As organizações sindicais entregaram um pré-aviso de greve para pressionar a administração das empresas IP – Infraestruturas de Portugal; IP – Engenharia; IP – Telecom; IP – Património, a procederem ao aumento intercalar dos salários dos trabalhadores destas empresas, que actualmente são os mesmos de 2009.

CGTP-IN
Website | Facebook


VICE Portugal

🔥 EXCLUSIVO 🔥A nova vida de IAMX é um sonho eléctrico… molhado.

Publicado por VICE Portugal em Sexta-feira, 2 de Março de 2018

A nova vida de IAMX é um sonho eléctrico… molhado.

VICE Portugal
Website | Facebook

Share

Em Português – 51

Ordem dos Enfermeiros

Consulte o plano de formação na página oficial da Ordem dos Enfermeiros e fique atento à divulgação das datas. Inscreva-se!#ninguemestasozinho #ordemenfermeiros

Publicado por Ordem dos Enfermeiros em Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2018

Ordem dos Enfermeiros
Website | Facebook


Firefox contra o Acordo Ortográfico

Contato, contacto, é tudo o mesmo…

Publicado por Firefox contra o Acordo Ortográfico em Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2017

Contato, contacto, é tudo o mesmo…

Firefox contra o Acordo Ortográfico
Website | Facebook


Facetoons

Publicado por Facetoons em Quarta-feira, 25 de Outubro de 2017

Facetoons
Website | Facebook

Share

Em Português – 28

VOA Português

Washington Fora D'Horas 27 Dezembro

#washingtonforadhoras Falha comunicação com o primeiro satélite angolano; Tiroteio em Moscovo

Publicado por VOA Portugues em Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2017

Na VOA… ligação directa desde Washington, DC.

VOA Português (Voz da América)
Website | Facebook


Médicos do Mundo

#PassatempoMdM: Temos mais 12 bilhetes duplos para a ante-estreia do filme “Só para Bravos”, no dia 22 de Novembro no…

Publicado por Médicos do Mundo em Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Os participantes têm de marcar um amigo e responder correctamente à questão, na caixa de comentários deste post.

Médicos do Mundo
Website | Facebook


Revista “Time Out” Porto

No limite da cidade convivem espaços verdes, clássicos da gastronomia nortenha e projectos culturais.

Publicado por Time Out Porto em Sábado, 16 de Dezembro de 2017

No limite da cidade convivem espaços verdes, clássicos da gastronomia nortenha e projectos culturais.

Revista “Time Out” Porto
Website | Facebook

Share

Em Português – 23

Revista “Saúda” – (ANF – Assoc. Nac. Farmácias)

O prazer da amizade

Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho são amigos há décadas. Conheça as razões de uma amizade tão duradoura na #RevistaSaúda de Dezembro. Peça na sua farmácia.

Publicado por Revista Saúda em Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

A Revista Saúda de Dezembro já saiu!
​​​​​Encontre-a na sua farmácia.

Revista “Saúda” – (ANF – Assoc. Nac. Farmácias)
Website | Facebook


Revista “Egoísta”

Texto de Pedro Rolo Duarte na edição número 12 da Egoísta, dedicada ao tema Espectáculo. Até já, Pedro!

Publicado por Revista Egoísta em Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

Texto de Pedro Rolo Duarte na edição número 12 da Egoísta, dedicada ao tema Espectáculo. Até já, Pedro!

Revista “Egoísta”
Website | Facebook


ANO – Associação Nacional dos Ópticos

Mesmo que os raios solares não sejam tão intensos, a verdade é que a radiação solar continua a prejudicar a visão no…

Publicado por Associação Nacional dos Ópticos em Terça-feira, 5 de Dezembro de 2017

Mesmo que os raios solares não sejam tão intensos, a verdade é que a radiação solar continua a prejudicar a visão no Inverno. Use lentes solares ou oftálmicas com protecção contra os raios UVA e UVB.
Aconselhe-se com os nossos profissionais numa Óptica Acreditada ANO.

ANO – Associação Nacional dos Ópticos
Website | Facebook

Share

O “impato” na “ótica” da LUSA

«não sendo necessária uma especialização em ótica para concorrer»
«iniciativas que contribuem para um impato positivo na economia nacional»

File Format: PDF/Adobe Acrobat
10 mar. 2017 promoção deste tipo de iniciativas que contribuem para um impato positivo na economia nacional. “A MultiOpticas decidiu promover esta …
www.lusa.pt

«Com um menor impato nas atividades promovidas pelo universo associativo»

File Format: PDF/Adobe Acrobat
9 mar. 2017 Com um menor impato nas atividades promovidas pelo universo associativo – 25% – surgem a Gestão do Património ou a intervenção em …
www.lusa.pt
Share