Apartado 53

Um blog contra o AO90 e outros detritos

Etiqueta: rádio

Em Português – 41

Rádio “Oxigénio”

Em PIPOCA TIME, cerca das 13h30, Liliana Teixeira Lopes destaca uma edição coleccionador do Clássico de 1959 "Ben-Hur"…

Publicado por Rádio Oxigénio em Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2018

Em PIPOCA TIME, cerca das 13h30, Liliana Teixeira Lopes destaca uma edição coleccionador do Clássico de 1959 “Ben-Hur”… até porque já não falta assim tanto para os Oscars.

Rádio “Oxigénio”
Website | Facebook


Webdados – Tecnologias de Informação

Sobre a recorrente discussão de ser, ou não, legal cobrar extra com base no facto do cliente pagar com cartão de cré…

Publicado por Webdados – Tecnologias de Informação em Sábado, 13 de Janeiro de 2018

Sobre a recorrente discussão de ser, ou não, legal cobrar extra com base no facto do cliente pagar com cartão de crédito, referência multibanco ou PayPal numa determinada loja online, vem agora a União Europeia lançar uma directiva

Webdados – Tecnologias de Informação
Website | Facebook


Bem Me Quer Editora

Sabia que a semana entre o Natal e o Ano Novo é a que as pessoas mais aproveitam para ler durante todo o ano? Sugerimos…

Publicado por Bem Me Quer Editora em Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2017

Adquira-o aqui!, pode enviar-nos uma mensagem, pode igualmente ir ao site da editora (basta clicar nos livros que vai directamente para o carrinho de compras), nas páginas de redes sociais ou pelo e-mail.

Bem Me Quer Editora
Website | Facebook

Share

«A humilhação continua» [Francisco Sarsfield Cabral, “Renascença”]

A humilhação continua

Francisco Sarsfield Cabral

05 Jan, 2018

Foi e é humilhante para Portugal a entrada da Guiné Equatorial na CPLP. País que ainda não deixou de violar o Estado de direito.

“Todos os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) estão obrigados aos seus estatutos, que são claros quando dizem que todos nós nos comprometemos com a prática do Estado de direito e do primado da lei”. Estas recentes afirmações do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, tiveram escassa repercussão na nossa comunicação social. Compreende-se: embora não referida, está obviamente em causa a Guiné Equatorial, que agora desgraçadamente faz parte da CPLP, mas manifesta o mais completo desprezo pelo Estado de direito. Há meses ter-se-ão multiplicado ali prisões e torturas a membros da oposição.

A Guiné Equatorial, uma antiga colónia espanhola que não tem laços culturais com os países lusófonos, aderiu formalmente à CPLP na Cimeira de Chefes de Estado e de Governo em Díli, em 2014. Portugal foi então forçado a aceitar o novo membro, perante a pressão de países como Angola. A Guiné Equatorial suspendeu a pena de morte – na lei, não necessariamente na prática – para aderir à CPLP. E comprometeu-se a difundir o uso da língua portuguesa, até agora com escassos resultados.

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, tomou o poder em 1979, através de um golpe de Estado contra o próprio tio, Francisco Macías, que foi depois fuzilado. Obiang e membros da sua família têm uma das maiores fortunas em África, segundo a revista Forbes. E enfrentam processos em alguns países por corrupção, fraude e branqueamento de capitais, além de acusações de violação dos direitos humanos.

Não são declarações como a citada no início deste artigo que mudarão o que quer que seja naquele país, onde, aliás, quase não se fala português. De resto, na CPLP não é só a Guiné Equatorial que viola o Estado de direito – veja-se, por exemplo, a incompreensão do novo Presidente de Angola, João Lourenço, para com a separação de poderes entre a área política e o sector da justiça, separação que é respeitada em Portugal, como trave essencial do regime democrático.

Uma vez que os governantes portugueses receiam ofender os seus parceiros na CPLP se lhes apontarem violações ao Estado de direito, mais vale, então, falar o menos possível desta organização e da Guiné Equatorial.

Francisco Sarsfield Cabral

[Transcrição integral de artigo, da autoria de Francisco Sarsfield Cabral, publicado no “site” da rádio Renascença em 05.01.18. Adicionei “links”.]

Share

Em Português – 33

Os Belenenses

Os Juniores A do Belenenses perderam esta tarde por 1-0 na deslocação ao terreno do Real SC, em partida da 17ª jornada…

Publicado por Os Belenenses em Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2017

A equipa folga agora na próxima ronda, na qual deveria receber a Naval, voltando à acção no dia 13 de Janeiro para uma deslocação ao terreno do Sacavenense.

Os Belenenses
Website | Facebook


Forum para a Competitividade

As relações comerciais e de investimento entre empresas portuguesas e alemãs- o caso Autoeuropa. Sem menosprezo do…

Publicado por Forum para a Competitividade em Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Sem menosprezo do relacionamento com as empresas de outros países , o investimento alemão em Portugal tem um perfil muito adequado aos objectivos de desenvolvimento do nosso país. O investimento mais representativo é o industrial (não o imobiliário, financeiro ou comercial ) e,portanto, estruturante para a economia pela melhoria da sua componente tecnológica e formativa. Na indústria, são os sectores automóvel , de componentes para o automóvel e de software aplicado que são mais representativos.

Forum para a Competitividade
Website | Facebook


Rádio “RADAR”

Foi dos pedidos que mais ouvimos nas últimas semanas, por isso aqui vai. Hoje repetimos o Open Day Radar. Não estranhem se nos ouvirem dizer que é Segunda-Feira 🙂

Publicado por RADAR em Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Foi dos pedidos que mais ouvimos nas últimas semanas, por isso aqui vai. Hoje repetimos o Open Day Radar. Não estranhem se nos ouvirem dizer que é Segunda-Feira.

Rádio “RADAR”
Website | Facebook

Share

Em Português – 6

A Vida Portuguesa

Memória em movimento :: Os postcards 3D da Saudade® dão mais vida à História de Portugal. Pela criatividade, o projecto recebeu o grande prémio dos Papies 2017. Memory in motion :: Saudade® 3D postcards give more life to Portugal history.The project won Papies 2017 award for its creativity.

Publicado por A Vida Portuguesa em Domingo, 30 de Julho de 2017

Memória em movimento :: Os postcards 3D da Saudade® dão mais vida à História de Portugal.
Pela criatividade, o projecto recebeu o grande prémio dos Papies 2017.

A Vida Portuguesa
Website | Facebook


Rádio “Marginal”

The Soultrend Orchestra hoje na #AvenidaMarginal. O projecto do italiano Nerio 'Papik' Poggi está de volta com o álbum…

Publicado por Rádio Marginal em Quinta-feira, 16 de Novembro de 2017

The Soultrend Orchestra hoje na #AvenidaMarginal. O projecto do italiano Nerio ‘Papik’ Poggi está de volta com o álbum 84 King Street, destaque de Luis Talete às 8:50 | 12:30 | 19:50 | 23:50 Domingo 21:00 Reunião de Condomínio

Rádio “Marginal”
Website | Facebook


Jornal “Ponto Final” (Macau)

Chegam cada vez em maior número, visitam cada vez destinos mais diversos e o objectivo do governo português é que…

Publicado por Ponto Final em Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

Chegam cada vez em maior número, visitam cada vez destinos mais diversos e o objectivo do governo português é que permaneçam e gastem também cada vez mais. Os turistas chineses estão paulatinamente a descobrir Portugal, mas o Governo de Lisboa quer mais. Até Setembro, o pais recebeu 191 mil turistas oriundos da República Popular da China, mais do que em todo o anos passado e as autoridades de Lisboa estão convictas que a barreira dos 200 mil visitantes será ultrapassada até ao final do ano.

Jornal “Ponto Final” (Macau)
Website | Facebook

Share

Em Português – 5

Edições Tinta-da-China

Na Tinta-da-china, o Natal são quatro semanas, e começa HOJE. As nossas colecções icónicas estarão com 30% de desconto,…

Publicado por Edições tinta-da-china em Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Na Tinta-da-china, o Natal são quatro semanas, e começa HOJE. As nossas colecções icónicas estarão com 30% de desconto, uma por semana. A primeira é a de Literatura de Humor, dirigida por Ricardo Araújo Pereira.

Edições Tinta-da-China
Website | Facebook


Rádio “Renascença”

Ana Galvão: "Aceitei o convite da Renascença quando estava na …

"Vamos encher a vida das pessoas com as histórias que devem levar para casa", promete Ana Galvão, a nova voz das tardes da #Renascença. Ana Galvão esteve com a Carla Rocha e levantou o véu do que vai fazer na sua rádio a partir de 27 de Novembro.

Publicado por Renascença em Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

“Vamos encher a vida das pessoas com as histórias que devem levar para casa”, promete Ana Galvão, a nova voz das tardes da #Renascença.
Ana Galvão esteve com a Carla Rocha e levantou o véu do que vai fazer na sua rádio a partir de 27 de Novembro.

Rádio “Renascença”
Website | Facebook


Revista “Raia Diplomática”

Marraquexe – cidade que tudo funde #RaiaDiplomatica https://raiadiplomatica.info/2017/10/31/marraxeque-cidade-tudo-funde/

Publicado por Raia Diplomática em Segunda-feira, 6 de Novembro de 2017

É a cidade velha com os seus palácios e os mercados. A mesquita Koutoubia do século XII sobressai. Está ao fundo da rua com o minarete que serviu de modelo à Giralda de Sevilha e também à Torre Hassan da actual capital do país, Rabat.

Revista “Raia Diplomática” (Portugal/Espanha)
Website | Facebook

Share

AO90 “Foi a maior estupidez” [Teolinda Gersão, rádio “Renascença”]

Acordo Ortográfico. “Foi a maior estupidez”, diz a escritora Teolinda Gersão

23 fev, 2017 – 13:19 • Maria João Costa

O acordo ortográfico marcou o debate na segundo dia do festival que decorre até sábado, na Póvoa de Varzim.

A pergunta veio do publico. “E o Acordo ortográfico?” A mesa do segundo dia do Festival Correntes d’Escritas, na Póvoa de Varzim, que integrava escritores como Cristina Norton, a cubana Karla Suarez, o espanhol Ignácio del Valle, o guiniense Tony Tcheka e a portuguesa Teolinda Gersão, ficou sem saber como responder. Mas Teolinda Gersão, avançou, sem medos. Não hesitou. “Em 10 segundos: foi a maior estupidez que conheço.”

A autora que venceu o último Prémio Vergílio Ferreira e que falou sobre “os escritores como testemunhas do seu tempo” justificou a sua aversão ao Acordo Ortográfico: “Entendemo-nos perfeitamente com grafias diferentes.”

Teolinda Gersão foi mais longe ao dizer que “não faz sentido apagarmos a etimologia quando somos uma língua latina que só é representada por Portugal na Europa”. Na perspectiva da escritora de “A árvore das palavras”, “o Brasil não tem qualquer relação directa com o latim, é um país jovem que tem uma outra história”.

Numa mesa com escritores de língua espanhola, mas de países diferentes, como Espanha, Cuba e Argentina, outros autores deram o exemplo daquilo que acontece com a língua de Cervantes.

Karla Suarez indicou que os livros são editados em cada país usando as expressões originais de cada país, sem que haja um acordo ortográfico. Ignácio del Valle, que está a editar em Portugal o livro “Céus Negros”, pela Porto Editora, explicou que é nos outros países da América Latina onde se fala o castelhano que a língua está a evoluir.

A escritora Teolinda Gersão questiona sobre a aplicação do Acordo Ortográfico e pergunta: “Porque é que vamos apagar a nossa identidade? A troco de quê?” A autora conclui que “um acordo que está a ser negociado há 30 anos, é porque falhou!”

Mas da outra ponta da mesa, uma voz diferente levanta-se. O autor guiniense Tony Tcheka considera “ser moda dizer mal do Acordo Ortográfico”. Para este escritor, também jornalista, os tempos conturbados da Guiné Bissau não têm permitido ao parlamento ratificar o acordo da grafia portuguesa. Tcheka concluíu: “Não é prioritário.”

O Festival Correntes d’Escritas decorre até sábado à noite na Póvoa de Varzim.

Share
Apartado 53 © 2017 Frontier Theme