Apartado 53

Um blog contra o AO90 e outros detritos

Etiqueta: vídeo

Uma oportunidade perdida


Já aqui realcei a incrível estupidez que foi este partido político ter-se deixado enredar nas intrigas palacianas dos peticionistas compulsivos, mas ainda assim parece-me continuar a merecer destaque o Projecto de Resolução que o dito partido apresentou recentemente.

Foi, na verdade — ou, melhor dizendo, poderia ter sido, caso o Grupo Parlamentar proponente não tivesse sido “parvo” — a melhor e mais viável proposta até hoje apresentada no Parlamento para desatar o imbróglio político (ou a incrível vigarice) a que se convencionou chamar “acordo ortográfico”.

A estupidez do “timing” na apresentação e a sua absurda mistura com uma petição idiota não retiram um átomo ao mérito da redacção, à credibilidade da sustentação ou à viabilidade da proposta.

Intervenção de Ana Mesquita na Assembleia de República

O PCP saúda os mais de 20 mil subscritores da petição, alguns dos quais aqui presentes nas galerias da Assembleia da República.

Em 4 de Junho de 1991, o PCP foi único Grupo Parlamentar que não votou favoravelmente a Proposta de Resolução sobre a ratificação do Acordo Ortográfico. Fizemos críticas severas quanto à metodologia seguida pelo Governo para apuramento das bases do AO90. Manifestámos as nossas preocupações quanto às consequências do Acordo, alertando que o processo tendia, e cito “a transformar-se num atoleiro cujas dimensões e proporções desconhecemos.” Estava certo o PCP.

De facto, veio o Primeiro Protocolo Modificativo, veio o Segundo, o Acordo continuou a ser um mau Acordo, a não responder às críticas feitas em 1990 por várias pessoas e entidades. E aqui estamos hoje. Subsistem incongruências, insuficiências, dificuldades práticas na aplicação do Acordo, visíveis todos os dias nas escolas, nos média, nos livros, nas páginas oficiais de entidades públicas. Foram referidas por inúmeras vezes em contributos escritos e audições dos Grupos de Trabalho sobre esta matéria.

O PCP não tem uma concepção fixista em torno da ortografia. Mas valorizamos a participação política e científica, o robustecimento técnico da norma escrita, a democraticidade da escrita e da oralidade. E estes são aspectos determinantes que não foram plenamente alcançados ou, alguns, sequer tidos em conta neste processo.

A existência de um qualquer Acordo só pode ter algum sentido se for integrada no contexto mais global de uma verdadeira política da língua.

Que promova maior cooperação com os países de língua portuguesa, com um profundo e intrínseco respeito pela identidade cultural de cada povo, que assuma a necessidade de promoção e difusão do livro e dos autores portugueses, que reflicta sobre a natural evolução da Língua envolvendo todos os interessados. Não por via de imposições legislativas desligadas da realidade concreta e da comunidade.

A verdade nua e crua é que, volvidos 28 anos, não existe um Acordo Ortográfico comummente aceite, ratificado e depositado, por todos os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Não há sequer previsão concreta em relação a países como Angola ou Moçambique. Falta-lhe o alicerce.

Há quem considere impossível ou contraproducente voltar atrás e corrigir os erros cometidos porque muitas crianças e jovens já aprenderam o Acordo na escola, mas não houve qualquer pejo em fazer experimentalismo ortográfico com os alunos que tiveram de o aprender.

A esmagadora maioria da população aprendeu a norma ortográfica anterior, e também por isso, não é tarde para corrigir um percurso com origem num procedimento errado, desde que se acautelem as necessárias medidas de acompanhamento a quem aprendeu e utiliza a grafia do Acordo.

É preferível aprender com todo este processo, estudá-lo, sair do Acordo Ortográfico e devolver a discussão – ou melhor, dar finalmente a discussão – à comunidade científica e literária na definição de objectivos e princípios de partida para uma nova negociação das bases e termos de um Acordo Ortográfico, assim seja entendida a sua necessidade, junto dos restantes países da CPLP.

É essa a proposta do PCP.

Source: PCP recomenda o recesso ao Acordo Ortográfico de 1990 | Partido Comunista Português

Desenho de: Facetoons

Share

Em Português – 68

Publituris

Sindicato do Norte alerta para salários no sector.

Publicado por Publituris em Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018

Sindicato do Norte alerta para salários no sector.

Publituris
Website | Facebook


Papelaria Fernandes

SELECÇÃO DE PRESENTES #papelariafernandes1891LAMY Deutschland Buntbox Moleskine

Publicado por Papelaria Fernandes em Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

SELECÇÃO DE PRESENTES
#papelariafernandes1891

Papelaria Fernandes
Website | Facebook


Nextart – Centro de Formação Artística

Nextart – Centro de Formação Artística

O Novo Filme sobre o Nextart!Partilhamos com Alegria e Gratidão!…Partilhem também :)Obrigado ao César Liebaut, Realizadorwww.nextart.pt

Publicado por NEXTART em Quinta-feira, 26 de Outubro de 2017

Nextart – Centro de Formação Artística
Website | Facebook

Share

Em Português – 65

Sporting Clube de Portugal

https://www.facebook.com/SportingClubePortugal/videos/10155006113431555/
Antes ficávamos arrepiados só no início, agora é também no final. O sentimento desta #UniãoDeAço não pára de crescer.

Sporting Clube de Portugal
Website | Facebook


Vitória Sport Clube

🏗️ Topo Sul terá nova cobertura🙌 Obra em parceria com a IRMALEX,S.A🌞🔛🌱 O projecto, irá permitir aproveitar a iluminaçã…

Publicado por Vitória Sport Clube em Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2018

🌞🔛🌱 O projecto irá permitir aproveitar a iluminação natural, de modo a melhorar a manutenção e as condições do relvado do Estádio do Rei

Vitória Sport Clube
Website | Facebook


Clube Desportivo de Tondela

https://www.facebook.com/CDTondela/videos/1803958789674218/
Os nossos CDT Challenges estão de regresso e convocámos dois dos nossos especialistas em bolas paradas para um desafio de cantos directos.

Clube Desportivo de Tondela
Website | Facebook

Share

Em Português – 64

Obra da Rua ou Obra do Padre Américo

Publicado por Apartado 53 em Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2018

Conheci o Padre Américo quando eu teria uns dez anos e ele foi falar da Casa do Gaiato a Vila Real de Trás-os-Montes, onde nasci. Acompanhei meu Avô materno, que se afirmava agnóstico convicto.
Após a apresentação dos objectivos que animavam a Obra da Rua, expostos com uma firmeza e uma alegria que deixavam perceber a força de uma personalidade de excepção, meu Avô disse-me baixinho: “Olha, meu netinho, se houver dois padres como este, converto-me ao catolicismo.

Obra da Rua ou Obra do Padre Américo
Website | Facebook


Revista “Audio & Cinema em Casa”

Publicado por Apartado 53 em Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2018

Revista “Audio & Cinema em Casa”
Website | Facebook


Edisoft – Defence & Aerospace Technologies

Ricardo Conde, Director de Operações da Estação de Rastreio de Satélites da EDISOFT na ilha de Santa Maria nos Açores em directo para a EXAME INFORMÁTICA TV.

Publicado por Edisoft – Defence & Aerospace Technologies em Quinta-feira, 17 de Novembro de 2016

Ricardo Conde, Director de Operações da Estação de Rastreio de Satélites da EDISOFT na ilha de Santa Maria nos Açores em directo para a EXAME INFORMÁTICA TV.

Edisoft – Defence & Aerospace Technologies
Website | Facebook

Share

Em Português – 63

LAM – Linhas Aéreas de Moçambique

#CompreOSeuBilheteOnlineÉ MAIS FÁCIL, RÁPIDO E BARATOAdquira já o seu bilhete em www.lam.co.mz e navegue em um mundo…

Publicado por LAM – Linhas Aéreas de Moçambique em Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

• Possibilidade de efectuar o Check-In online;

LAM – Linhas Aéreas de Moçambique
Website | Facebook


Universidade Sénior De Oeiras – Associação Cultural

Grécia

GRÉCIA – Atenas e IlhasViagem de Final de Ano Lectivo21 a 28 Junho

Publicado por Universidade Sénior De Oeiras – Associação Cultural em Terça-feira, 19 de Dezembro de 2017

Viagem de Final de Ano Lectivo

Universidade Sénior De Oeiras – Associação Cultural
Website | Facebook


QSintra (movimento de cidadãos)

ABATE DE MILHARES DE ÁRVORES ! Ameaça à Paisagem Cultural de Sintra! (veja mais sobre Sintra em http://qsintra.com)…

Publicado por QSintra em Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2018

QSintra (movimento de cidadãos)
Website | Facebook

Share

“Um prémio para uma acção cívica”

Ainda a propósito do Prémio de Jornalismo Cultural 2018, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) ao jornalista do “Público” Nuno Pacheco, aqui fica uma recolha de alguns conteúdos alusivos ao acontecimento já disponibilizados na Internet: entrevista áudio ao premiado, gravação vídeo da cerimónia de entrega do prémio e sequência de depoimentos de alguns dos presentes no evento.

“A solução é acabar com o Acordo Ortográfico”

Ruben Martins, Guilherme de Sousa e Isabel Coutinho
6 de Fevereiro de 2018, 12:18

Nuno Pacheco recebeu a 30 de Janeiro o Prémio de Jornalismo Cultural atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores.

Esta semana, o Reservado ao Público leva-lhe uma conversa entre a editora de cultura, Isabel Coutinho, e Nuno Pacheco. Falam sobre crítica, sobre o jornalismo cultural, o Acordo Ortográfico e outras histórias.

Subscreva o programa Reservado ao Público no iTunes, SoundCloud, Spotify e nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.

Prémio de Jornalismo Cultural 2018 atribuído a Nuno Pacheco

Contra.o.Acordo Ortográfico
Published on Feb 1, 2018

Cerimónia de entrega do Prémio de Jornalismo Cultural 2018, atribuído ao jornalista Nuno Pacheco, redactor principal do “Público” no Auditório Maestro Frederico de Freitas na Sociedade Portuguesa de Autores a 30 de Janeiro de 2018.

Da gravação integral, acima, destaco a parte da intervenção inicial do Presidente da SPA, José Jorge Letria, em que refere a recusa expressa e fundamentada que aquele organismo determinou em 2013 quanto ao “acordo”. Se quiser ouvir apenas essa parte sem sair desta página, “click” AQUI.

Do mesmo modo, pode “saltar” para a intervenção de fundo do jornalista premiado, que se refere profusamente ao AO90. De reter, aliás, uma frase sua com bastante significado: “achei isto um prémio não propriamente para mim próprio mas para uma acção cívica”.



Sequência de depoimentos de alguns dos presentes no evento

 

[Imagem de topo de: SPA. Gravações de YouTube user: Contra.o.Acordo Ortográfico]

Share
Apartado 53 © 2017 Frontier Theme