Twittvérbios

A bezitwitter (bezinha do Twitter, não confundir) Cat Maggelan lançou ontem uma espécie de campanha, naquela plataforma pramalucos, subordinada ao tema provérbios twitéricos ou, simplesmente, twitvérbios.

Sendo eu um gajo absolutamente viciado em provérbios, desde há muitos anos, e alguma coisinha disso na twitação, desde há muitos dias, foi um ver-se-te-avias que nem vos digo nem vos twito.

Por conseguinte, a minha contribuição para tão meritória quanto divertida twitúlia (tertúlia lá do sítio, não confundir) virtual aqui fica, em jeito de repositório (não confundir com coisíssima nenhuma).

  1. Senhor deputado, vá pró twitteralho! Ouviu? Vá pró twitteralho! (Eduardo Martins para Afonso Candal, adaptado)
  2. To twit or not to twit, that is the question (for facebookers).
  3. Cada twittadela, cada minhoca.
  4. Solta o twitter que há em ti, mas não te estiques muito ali.
  5. Vanitas vanitatum omnia vanitas, diziam os antigos, e tu twittas umas coisinhas boas para as sanitas, digo eu.
  6. Quanto mais te abaixas, mais te twittam as cuecas.
  7. Pode-se twittar alguns twitters durante algum tempo, mas não se pode twittar todos os twitters o tempo todo. (Lincoln, adaptado)
  8. Procuras o significado da vida, é? Cala-te e twitta, mas é.
  9. Diz-me com quem twittas, dir-te-ei quem é.
  10. O que é que querias? Twitter na eira e Facebook no nabal?

Mas o mais instrutivo (e divertido, sobretudo) é ir lá ver as muitas dezenas de twitvérbios que foram publicados.

Um comentário em “Twittvérbios”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *