Pergunta: Qual é o blog português activo há mais tempo?

Resposta: É o blog Macacos Sem Galho, activo desde 19 de Março de 1999.

Pergunta: Quais foram os que apareceram primeiro e que ainda hoje se mantêm on-line?

Resposta:

Este estudo foi realizado ao longo do mês de Maio de 2006, a partir de um universo de cerca de 3500 blogs com data de última actualização inferior a dois meses (lista geral do Apdeites); destes, foram seleccionados aqueles que há mais tempo constam dos ficheiros históricos do Apdeites, num total de 550.
Cada um destes blogs foi aberto, verificada a actividade há (cerca de) menos de dois meses e registada a data do primeiro “post”.
Foram considerados todos os blogs que permitem o acesso aos seus ficheiros históricos, sem um último “post” com declaração de fim ou de encerramento, e com “posts” e arquivos datados.
Em alguns casos, foi necessário seguir o rasto dos blogs que entretanto mudaram de endereço.

E assim foi finalmente possível ordenar cronologicamente os 100 blogs portugueses mais antigos.

7 comentários em “Pergunta: Qual é o blog português activo há mais tempo?”

  1. O meu blog tem uma primeira entrada na WayBackMachine em 29-ABR-1999. Na altura estava em: http://www.netpub.pt/inacreditavel
    A única página que ainda há na WayBackMachine pode ser vista em: http://web.archive.org/web/*hh_/www.netpub.pt/inacreditavel/mongo_faya.html
    Havia muito mais coisas que tenho arquivadas em CD e que posso recolocar no novo endereço que é: http://inacreditavel.ioio.info, mas na altura, não havia links para aquelas páginas, eu limitava-me a divulgar aquilo entre os amigos, nem sei como a WayBackMachine chegou àquela página.
    Já agora, uma incorrecção: o JPG diz que viu uma entrada do “Coiso” na WayBackMachine, de 05.12.00, mas a primeira que eu vejo é de 24.02.2001.
    Pode ser que quando a WayBackMachine recuperar do curto-circuito que teve esta semana se veja mais alguma coisa!

  2. Vamos por partes.
    Sobre o ficheiro mais antigo do blog “O Coiso”: o link da lista remete para uma entrada de 05.12.00; não sei onde vê a data que refere.
    Sobre o seu blog: releia os critérios de selecção e de seriação que estão na página 184. Não está claro? Se vamos ao pormenor, às excepções, a ficheiros gravados em CD e coisas do género, nunca mais saímos disto e não se chega a conclusão alguma. A ideia não era tornar este estudo absolutamente impossível. Bem difícil já ele foi, mesmo assim.
    De qualquer forma, logo que possível irei investigar aquilo que diz. O ficheiro que refere, na Wayback Machine, não apresenta qualquer data (um dos critérios) e, por bookmarklet, seria muito anterior. Outros blogs abriram antes das datas que estão na lista, mas já não existem os respectivos ficheiros on-line.

  3. Já lhe respondi no Apdeites e disse que iria investigar o assunto. Esclareci os critérios de selecção e de seriação da lista. O que é que pretende mais?
    Apesar da sua observação, grosseiramente insultuosa, sempre lhe digo que os critérios eram e são absolutamente claros:
    Critério 1. O seu blog nunca apareceu nas nossas listas, nem do nosso antecedente bloconotas.blogspot.com, nem sequer da primeira lista nominal de blogs nacionais, blogsempt.blogspot.com.
    Critério 2. O arquivo mais antigo que existe em Wayback Machine, de um blog que diz ser seu, é de Outubro de 1999. Portanto, quando muito, se alguma vez dele tivessemos tido conhecimento, este blog seria o 3º mais antigo.
    Critério 3. O “post” em Wayback Machine não está datado e não existe qualquer indicação do blog que lhe sucedeu. Nem, de resto, naquele que diz ser o sucessor, existe qualquer referência ao anterior.
    Critério 4. Seria humanamente impossível adivinhar que o seu blog actual era aquele outro, anteriormente .

    O seu blog actual não consta dos serviços blo.gs, blogshares, blogrolling e technorati, que são aqueles que servem de fonte para os nossos dados.
    Nenhum blog tem link para o seu, como se pode ver na Google ou em qualquer outro motor de busca. Os 6 únicos links existentes são de apenas dois sites, e não de qualquer blog.

    Estes são motivos mais do que suficientes, mesmo sabendo que a sua observação insultuosa e gratuita sobre o trabalho do Apdeites nos dispensaria de sequer responder, para não incluir o “Chornal do inacreditável” na lista de blogs portugueses mais antigos em actividade.

    Não voltaremos a perder tempo com este assunto. A sua inscrição como subscritor do Apdeites foi cancelada.

  4. Caro JPG,

    Houve um mal entendido e peço desculpa, apesar de não ter sido causado por mim.

    Das duas mensagens anteriores, eu apenas lhe enviei a primeira.

    Caso o JPG não saiba, o WordPress coloca posts automaticamente no site destino de um link, quando eu faço referência a outros sites que também usem WordPress.

    Portanto, o 2º comentário que tem neste seu post, foi enviado pelo meu WordPress quando e coloquei um link para este sítio num post no meu site.

    Experimente e verifique a veracidade do que estou a dizer.

    Eu nunca me iria dirigir a si, directamente, daquela maneira. Aquele foi um post que eu coloquei no meu site que praticamente não tem visibilidade, tenho algumas dezenas de acessos por dia, apenas, e alguns deles são do Google crawler.

    Estranhei ter recebido um comentário seu (no meu site), tão agressivo, com expulsão e tudo.

    Estranhei até o JPG ter acedido ao meu site e deixado lá aquele comentário, uma vez que ninguém visita aquilo. Só depois, quando voltei aqui é que vi que o JPG tem o WordPress também. Assim, sempre que um de nós escreve qualquer coisa relacionada com este tema, o WordPress insere um comentário no post do outro. E portanto, o comentário que o JPG colocou aqui apareceu também no meu site.

    Peço desculpa, mas só agora me dei conta do problema e do respectivo impacto. Provavelmente já recebeu outros comentários meus, automáticos, que não lhe eram dirigidos: eram apenas posts ou comentários meus para consumo interno no meu site.

    Agradecia que me informasse que leu esta mensagem, pois tratou-se, claramente, de um mal entendido.

  5. O Jornal do Inacreditável é mesmo o blog mais antigo em Portugal (1998). É um blog criado ainda antes do software que popularizou os blogs(1999).
    Quando o Jornal do Inacreditável foi criado ainda nem existia a palavra blog (1999), embora já existissem blogs nos EUA há vários anos (1994).

    O Jornal do Inacreditável existe no directório do SAPO desde Jan 1999, onde se encontra na categoria Media-Diversos, conforme se pode ver no archive.org:
    http://web.archive.org/web/*/http://www.sapo.pt/media/jornais

    O endereço do Jornal do Inacreditável era http://www.netpub.pt/inacreditável
    O domínio netpub.pt pertencia a uma empresa minha e do Alexandre Pereira.
    Podem confirmar que eu era o responsável pelo domínio visitando https://online.dns.pt/site/publico
    pesquisando por netpub.pt

    Um abraço
    Carlos Poupa

    P.S: A paleontologia também é assim. Muito dificilmente se encontra um dinossauro completo. Se queremos saber se num sítio existiam dinossauros temos que recorrer a todas pistas: para concluir que num sítio existiu um dinossauro bastam alguns ossos, pegadas, ou até um humilde coprólito.

    Um abraço,
    Carlos Poupa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *