Um comentário em “Paz. Beleza.”

  1. Que inveja, bicho. Como consegues? O mundo fica de fora desse teu olhar verde, e a ti simplesmente apetece, talvez, uma sardinhita crua ou, para desenjoar, uns filetes de salmão. Que se lixem as coisas importantes, não é, gatão? Que inveja. Não há nada mais em paz consigo mesmo do que tu, ouviste?
    E uns biscoitos, não marchavam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *