Lei de Murphy

O que pode falhar no Apdeites

Os ficheiros de actualizações do Apdeites resultam de programas relativamente complexos, interligados e dependentes entre si. O que o utilizador vê, em qualquer dos oito ficheiros (300, 500, 1000 e todos os blogs, em “popup” e em “searchbar”), é o resultado de um processo dinâmico e, portanto, volátil; são gerados uma vez por hora e um resultado nunca se repete, sendo que existe um intervalo de risco que dura cerca de dois minutos em cada hora.

Ou seja: como a importação de dados da blo.gs é iniciada ao primeiro minuto de cada hora, se, durante esse processo, houver qualquer interrupção na ligação – ou qualquer outro problema que impeça a recepção e/ou o processamento dos dados por inteiro – o ficheiro de dados ficará a zeros até ao processo seguinte. O que significa que é possível, quando e se isto acontece, que os ficheiros de actualizações apareçam sem dados. Pode também acontecer que um processo não arranque e, nesse caso, os ficheiros aparecem com actualizações superiores a uma hora. Em princípio, no primeiro minuto da hora seguinte, a situação fica regularizada com as actualizações mais recentes.

Como referimos desde o início deste serviço, muitas coisas podem falhar – neste como em qualquer outro site. E por maioria de razões neste, já que depende de uma série de factores em diferentes locais. Como também já referimos antes, a lista pode não estar visível, momentaneamente, ou pode apresentar uma situação de há mais do que uma hora, por diversas e algumas imprevisíveis razões. Mas essas serão sempre situações excepcionais e transitórias, a excepção e não a regra; no fundamental, o sistema já provou que funciona.

Resumindo, e do ponto de vista do utilizador, o que importa reter é isto: se as actualizações não aparecerem, ou se não forem as mais recentes, tente de novo mais tarde; no máximo, uma hora depois.

Agradecemos que os utilizadores nos vão dando conta de qualquer anomalia que detectem.

Nota: o seu “firewall” pode estar configurado de forma a impedir a visualização dos ficheiros de actualizações (“popup blocking”, “ad blocking”), o mesmo acontecendo com algumas opções de “segurança” do seu “browser”.

revisto em 26.05.04, 16:00 h

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *