Mártires da Liberdade


MORREU À FOME!

Margarida Correia da Silva, de 95 anos, foi encontrada morta, ontem de manhã, no casebre onde vivia na rua Mártires da Liberdade, na freguesia de Cedofeita, no centro da cidade do Porto. Motivo? A fome.

E andamos nós pesarosos com a escravatura de quem não pode aumentar um salário que já pesa uns bons milhares de euros!

Quando venceremos a guerra contra a fome? Quando extirparemos, de vez, o egoísmo?

publicado por um pobre seguidor de Jesus Cristo às 10:06
link do post | comentar

[Transcrição integral de um post publicado no blog Mansidão]

Lucas, 23:34 – «Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem

Via blog Perspectivas (por e-mail).

2 comentários em “Mártires da Liberdade”

  1. Acho que esta notíca devia formar uma corrente por essa blogosfera fora. Posso andar distraído, mas não sei de jornal ou televisão alguma ter dado esta notícia. Fiquei com a impressão que isso se deve ao facto de esta senhora não ter andado aos tiros ou algo semelhante. Deve ser horrível viver tantos anos para morrer daquela maneira, abandonada por todos. Li “morrer de fome é feio, é horrível, mas é um processo muito lento” em Médicos Sem Fronteiras (Luis Clemens, porta-voz do Programa de Alimentação Mundial (PAM) da ONU no sul da África).
    Mais que revolta, sinto tristeza e vergonha.

  2. Ontem, pelo menos o CM noticiou. Hoje, de novo o CM e também o DN.

    Ainda mais chocante: a senhora recebia 400 € de pensão mas… mas… quem se “oferecia” para lhe fazer as compras geralmente “esquecia-se” de devolver o troco!

    E ela já tinha desmaiado, em plena rua, de “fraqueza”.

    Às vezes, sinto-me extremamente espanhol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *