Mais acessos de T.O.S. *

Nos últimos dias, pelo menos mais dois blogs portugueses alojados na Blogger/Blogspot levaram com a já sobejamente conhecida rolha virtual: primeiro foi O Jumento e depois O Piolho da Solum. E, se calhar, há por aí mais uns quantos aos quais outro tanto sucedeu.

conteúdo objectável...

Ou seja, num ano* (aliás, em bastante mais tempo do que isso) não mudou absolutamente nada, lá para as bandas da Blogger: qualquer blog pode levar com a tal rolha ou pode mesmo ser suspenso – e apagado, às vezes por “lapso” – sem qualquer motivo e sem nenhuma espécie de filtragem das “objecções” assinaladas por visitantes; o processo é absolutamente automático e pode suceder apenas porque meia dúzia de pessoas se lembram de carregar (ou até carregam inadvertidamente) no botãozinho “Assinalar Blogue“.

flag button

É absolutamente indiferente, repito: o seu blog alojado na Blogspot bem pode ser inocente de todo, ter como assunto principal os arranjos florais ou a poesia Haiku; se houver uns quantos clicks no célebre botão “Assinalar Blogue”, na barra de navegação superior, pronto – sai uma páginazinha de aviso. Mas atenção, o problema não é só essa páginazinha; é que, assim sendo, todos os conteúdos desse blog “barrado” ficam inacessíveis também para os motores de busca, que não têm obviamente ninguém que diga “Sim, tomei conhecimento e quero continuar”. Ora, não sendo os conteúdos indexados, apenas lá chegarão visitantes através de link directo e há que dizer adeus a acessos via motor de busca, a “rankings” diversos, aos ficheiros em “cache”, etc.

Portanto, todos aqueles a quem isto (esta parvoíce abominável da Blogger) suceder têm apenas duas hipóteses: ou não se ralam e deixam correr o marfim ou protestam por e-mail e ficam à espera de uma resposta; pela minha experiência pessoal* com esta situação, posso adiantar que – se ficarem à espera de uma resposta positiva ou satisfatória – bem podem ir esperando sentados.

É mudar de poiso quanto antes! É largar a Blogger/Blogspot e mudar para outra plataforma qualquer. Mudem para a WordPress, por exemplo; podem importar para lá todos os vossos posts e, pelo menos até ver, não terão de se ralar com botõezinhos marados em que toda a gente pode carregar à vontade e, apenas com isso, lixar-vos o trabalho de meses ou anos.

Aviso sobre conteúdos

Alguns dos leitores deste blogue contactaram o Google porque acham que o conteúdo do mesmo é reprovável. Regra geral, o Google não avalia nem subscreve o conteúdo deste ou de qualquer outro blogue. Para mais informações sobre as nossas políticas relacionadas com os conteúdos, visite a página dos Termos do serviço do Blogger.

[texto do “aviso” nos blogs “assinalados” em Blogger/Blogspot]

* O primeiro post “acesso de T.O.S.” foi publicado no Apdeites em 19 de Julho do ano passado.

Nota importante: remover ou “esconder” a barra de navegação, que aparece automaticamente nos blogs alojados em Blogspot, não é solução! Aliás, segundo os T.O.S. (termos de utilização) da Blogger, eliminar essa barra pode constituir motivo suficiente para que o blog seja… eliminado.

P.S. (29.07.08, 12:36)
Mais um: a funda São. Mas este, por excepção, compreende-se; é de facto um blog (que contém material) pornográfico. Portanto, a página de entrada com o aviso substitui aquela que deveria ter sido colocada pelos próprios autores do blog – como manda a lei e o mais elementar bom senso. A “política de conteúdos” da Blogger é perfeitamente clara nesse aspecto.

«Pornografia e obscenidades: Os conteúdos de imagem e vídeo que contenham cenas de nudez, material gráfico de natureza sexual ou material considerado explícito pela Google devem permanecer privados. Caso contrário, tomaremos as medidas necessárias para ocultar esse material. »

7 comentários em “Mais acessos de T.O.S. *”

  1. É, de facto, muito deprimente que alguém possa exercer censura a um blog nosso. Claro que a melhor solução é o domínio e alojamento pagos onde (alegadamente) podemos fazer o que quisermos. Da WordPress, realmente ninguém se queixa…

  2. Tive que me inscrever para esclarecer uma coisa: o blog «a funda São» teve sempre, desde o seu início, um aviso, em que quem clicasse em cancelar não chegava a entrar na página. Esse aviso esteve à entrada do Blog até 10-07-2008, data em que o Blogger colocou o aviso de censura):
    “Esta página está reservada única e exclusivamente a público adulto, dado o seu conteúdo de carácter sexual. Se não atingiste a maioridade no teu país de residência, este tipo de conteúdo está proibido pelas leis do teu país ou ainda se crês que a tua sensibilidade pode ser ofendida, não deves visitar esta página. A funda São não se responsabiliza pelos arquivos expostos, que foram enviados por internautas anónimos. Se tiveres conhecimento de protecção de direitos de autor, comunica-nos e imediatamente esse conteúdo será retirado. | ‘a funda São’ é uma marca registada | afundasao.com | afundasao.blogspot.com | funda@afundasao.com | a afundar desde 08-11-2003″
    Por isso, sempre fiz “o que manda a lei e o mais elementar bom senso”.
    De resto, é óbvio que, no caso da funda São, até agradeço que tenham posto o aviso. Tenho orgulho de ter um blog que não foge ao erotismo e que vê a sexualidade com total naturalidade.

  3. Caro(a) “blogger”,

    Muito obrigado pelo seu esclarecimento. Desconhecíamos o que refere, ao que não será talvez estranho o facto de existirem largos milhares de blogs portugueses que não são por nós consultados diariamente, por compreensível impossibilidade técnica.

    Cumprimentos.

  4. Tratas-me tão bem… hmmm…
    Se o aviso não te afugenta, convido-te a veres “com olhos de sentir” o blog «a funda São». Talvez concordes com as mais de 1.000 pessoas que todos os dias continuam a visitar o blog… apesar do aviso.
    E que bem te venhas, sempre ;O)

  5. Não que isso me faça cair os parentes na lama, o tratamento por “tu”, mas parece-me que não o(a) conheço de lado nenhum.

    Além disso, agradeço alguma contenção na linguagem aqui utilizada.

  6. Depois d’O Jumento (que apenas conheço do que leio, sem que lá veja os tais “conteúdos reprováveis”) levar com o carimbo, ando mesmo a remoer na hipócrita saga de “assinalar blogue”.

    O tal do aviso em certos blogues (aqueles que os especialistas falam que são terroristas e tal) até posso compreender, noutros (aquele género de sátira, roçando o humor negro) já faço um valente esforço, mas há aqueles (lúdicos ou opinativos) que não compreendo mesmo.

    Sinceramente, esta cena da Blogger deixar os blogues (mesmo que num serviço gratuito) à mercê de qualquer ressabiado armado em vigilante, anda-me a moer o juízo e já penso que o CC&Cª devia mudar de “morada”.

    Isto da censura deixa-me chateada, e com este comentário deu-me um click para um post.

Responder a afundasao Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *