2 thoughts on ““Ninguém para o acordo” [de Antero]

  1. É uma acordo aos molhos (brócolos ou de diferentes sabores).

  2. Boa, Antero!

    Ninguém para a festa do Benfica!
    Ninguém para a final da Taça de Portugal!
    Ninguém para Fátima!
    Ninguém para o fado!

    Interpretações ambíguas…? Naaa, nada disso.

Os comentários estão fechados.