Arquivo de etiquetas: Évora

Onde assinar a ILC: Igreja de São Vicente, Évora

IMG_7636A Colecção B é uma associação cultural com sede em Évora, cidade onde desenvolve programação regular na Igreja de São Vicente. Organiza desde 2004 o Festival Escrita na Paisagem.

Desde Outubro de 2011 é a entidade residente na Igreja de São Vicente, depois de ter naquele espaço produzido espectáculos, encontros, debates, lançamentos e exposições, integrados no Escrita 2011. Com os Ciclos de Sâo Vicente, programa actividades de formação, espectáculos, exposições, encontros, cinema, dança, música e o mais que se vai proporcionando.

Em todas as suas publicações a Colecção B tem o cuidado de sublinhar expressamente que não segue o Acordo Ortográfico.

A Colecção B é uma estrutura financiada pela Presidência do Conselho de Ministros / Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, promotora e produtora do Festival Escrita na Paisagem desde 2004.

A funcionar já desde há algum tempo, a Igreja de São Vicente é mais um local onde poderá assinar a ILC – Iniciativa Legislativa de Cidadãos pela revogação da entrada em vigor do Acordo Ortográfico. Se passar por lá até ao dia 10 de Março, junte o útil ao agradável assistindo à exposição de fotografia de Paulo Alegria, “Cultura Magra” (de quarta a domingo, das 14:00h às 19:39h).

Fotografias de Márcio Pereira, gentilmente cedidas pela Associação para esta publicação.

Ver Mapa de Locais de recolha de assinaturas para a nossa ILC.

“Debate” sobre o AO90 na Universidade de Évora: todos contra

Um “debate” que mantém toda a actualidade, apesar de ter sido emitido há já oito meses. Sendo que “debate” está entre aspas devido ao facto de no dito os presentes estarem todos de acordo quanto ao essencial: não ao acordo ortográfico!


Emissão: Rádio Diana
Produção: Universidade de Évora
Data: 08.03.12
Programa: “Falando Com
Tema: “Dia Internacional da Língua Materna
Gravação: http://www.dianafm.com/index.php?option=com_content&view=frontpage&Itemid=125
Duração: 52 minutos e 16 segundos

[audio:http://www.videos.uevora.pt/2012-03-08/acordoortograficonaradiodiana/falandocomacordo.mp3]

[Disclaimer: os conteúdos publicados na imprensa ou divulgados mediaticamente que de alguma forma digam respeito ao “acordo ortográfico” são, por regra e por inerência, transcritos no site da ILC já que a ela dizem respeito (quando dizem ou se dizem) e são por definição de interesse público (quando são ou se são).]

[Imagem importada de Bibliblogue.]

Nota: esta gravação também já consta da nossa página “Áudio“.

Susana Mendes Silva subscreveu a ILC

«Susana Mendes Silva é artista plástica e docente universitária. Estudou Escultura na FBAUL, o seu mestrado na FCSH/UNL foi orientado por Teresa Cruz, e frequentou o programa de doutoramento em Artes Visuais (Studio Based Research) no Goldsmiths College, Londres, tendo sido bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian.

Actualmente prepara a sua tese no âmbito do Doutoramento em Arte Contemporânea na Universidade de Coimbra. Susana é Assistente na Universidade de Évora, leccionando no curso de Arquitectura Paisagista desde 1999.»

Subscreveu a Iniciativa Legislativa de Cidadãos pela revogação da entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990.

Nota: esta publicação foi autorizada pela subscritora, que redigiu o texto de perfil. A foto foi retirada do site da autora.

José Alberto Câmara Manoel subscreveu a ILC

José Alberto Câmara Manoel vive em Évora, onde nasceu em 1948. Agora aposentado, foi, em certa fase da sua vida activa, professor de Português e Literatura Portuguesa. Desde então manteve o “vício” do estudo da Língua Portuguesa e sua Literatura.

Por isso, como diz e escreve, não pactua com o abastardamento que o (des)acordo ortográfico pretende trazer à nossa Língua. Por isso mesmo tem também participado na divulgação da ILC, colaborando inclusivamente num dos grupos de apoio à causa, no Facebook.

[citação]
“O acordo ortográfico é um instrumento político, de interesses inconfessáveis, ao serviço de uns poucos em detrimento de uns tantos (quase todos). Não compreendo como alguns intelectuais e linguistas conseguem pactuar com esta tentativa de descaracterização da Língua Portuguesa”.
[/citação]

Subscreveu a Iniciativa Legislativa de Cidadãos pela revogação da entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990.

Nota: esta publicação foi autorizada pelo/a subscritor/a.